Bíblia na rede
6Mar/141

Evangelização com texto e contexto

Leitura: 2 minutos
098: da série Cronômetro

Quando escreve aos coríntios, exortando-os a não se associarem com crentes que persistem no pecado, Paulo deixa claro que não está se referindo àqueles que são do mundo, “Se assim fosse, vocês precisariam sair deste mundo” 1Co 5:10. Não era intenção de Paulo recomendar que os crentes deixasse esse mundo, ainda que falível. Mas que praticassem a santa Palavra de Deus inseridos em um contexto de oposição pecaminosa.

Em outro momento o apóstolo, ainda falando aos coríntios sobre casar-se ou não, recomendou: “os que usam as coisas do mundo (ajam), como se não as usassem; porque a forma presente deste mundo está passando.” 1Co 7:31. Com isso, devemos praticar a eterna Palavra de Deus em um contexto de miserável vaidade. Somos chamados a nos fixarmos em objetivos mais permanentes, eternos.

A evangelização no contexto esportivo existe nessa tensão. Praticar esportes pode ser tão atraente e até necessário quanto o casamento, o choro, a alegria, as compras ou utilizar serviços que o mundo oferece, contudo o cristão sabe que há algo muito mais importante: agradar ao Senhor. Então, embora o texto, a Palavra de Deus, deva ser experimentado dentro do contexto cultural, histórico, econômico e social em que vivemos, esse mesmo contexto nunca é tão importante quanto a própria Palavra.

Não cabe a síntese, então, porque o contexto passa, mas o texto permanece. As teologias que valorizaram o contexto, até ao ponto de toma-lo como referência para interpretar o texto, se tornaram heresias, justamente porque não consideraram a incompatibilidade entre o que é falível e o que é perfeito, entre o que é transitório e o que é eterno.

A evangelização no contexto esportivo só agradará a Deus se atender a esse princípio: evangelizar refere-se à Palavra de Deus, é o texto perfeito e eterno, muito mais importante; o esporte é o contexto, falível, passageiro e secundário.

Visite e curta a nossa página em www.facebook.com/iniciatiiva235/

Filed under: Artigos Leave a comment
Comments (1) Trackbacks (0)
  1. #INI235 #jogalimpobrasil A evangelização no contexto esportivo atende a duas realidades diferentes, o texto – a Palavra de Deus que deve ser ensinada, e o contexto – as situações do meio esportivo. O texto é perfeito e eterno, o contexto é falível e transitório. Então ministramos dentro dessa incompatibilidade. Não podemos fazer uma síntese aqui, temos que priorizar. Portanto, tudo o que se refere ao texto, deve ser infinitamente mais importante para nós. O esporte em si mesmo é secundário. Ore para que cada cristão que evangeliza no contexto esportivo tenha a coragem de reputar tudo como esterco para que possa ganhar a Cristo. Ore para que cada atleta de Cristo deseje, muito mais do que o sucesso no esporte, fazer a vontade de Deus.


Comente

(required)

No trackbacks yet.